quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

NINA - EMOÇÃO

Ai, gente!!!
Que emoção!!!

Eu sou madrinha, vocês acreditam?

Minha comadre Anne, que é uma pug, estava esperando seus filhotes e me intimou para ser madrinha. Mas ela estava com medo, porque seu último trabalho de parto foi meio traumatizante. Então o pai dela, conversou com a minha mãe e perguntou se o meu cirurgião fazia partos e se ele era bom cirurgião, para que se caso ela precisasse, pudesse contar com ele.

O pai dela disse que Pugs têm muitos problemas no parto (um tal de parto distócico) e que muitas vezes é preciso fazer cesária. Disse que a cesária é uma cirurgia que precisa de alguns cuidados e que a qualidade da anestesia é fundamental para a mãe e para os filhotes! Ele disse que conversando com veterinários e colegas do ramo, descobriu que se não for uma tal de anestesia inalatória é até perigoso fazer, pois existe um grande risco para os filhotes... imagina só, ele disse que as anestesias injetáveis acabam indo para os filhotes (que também ficam anestesiados), só que o organismo deles ainda não está 100% completo e não consegue eliminar a droga direito.

Minha mãe e eu então, fomos até à casa deles para que ela desse os dados do meu médico e que também eu pudesse visitar a comadre. A Anne ainda estava confiante que tudo fosse correr bem, então dei uma lambida bem especial e desejei sorte para ela e prometi que assim que possível, eu faria uma visita aos meus afilhados.

Coitadinha da minha amiga! Minha mãe falou pra minha tia, que a Anne entrou em trabalho de parto às 01:00 da manhã e ficou até às 10:00 da manhã e nada dos meninos nascerem. O pai da Anne ficou com medo de atrapalhar o meu médico e olha só, demorou pra lhe levar à clínica. Olha o perigo!!!!
Daí ele a levou e começaram a operação pra tirar os filhotes. O meu médico gente, foi tão carinhoso com a Anne, que além dela não sentir nadinha, ele ainda ficou esquentando os meus afilhadinhos, um por um:


Cortou e ligou o cordão umbilical de cada um e deixou eles bem limpinhos pra quando a comadre acordasse, só se preocupassem em dar de mamar. Até o colchãozinho onde a comadre ficou, era aquecido, um luxo só!

Daí, minha mãe foi acompanhar o pai da Anne quando ele a foi buscar e tirou essas fotos dos meu queridos afilhadinhos. Olha como são lindoooos:



Aqui, eles estavam disputando o leitinho....


Gente, são 3 meninas e dois meninos e como sou madrinha, vou ter que bolar algum nome pra eles.

Vocês não querem me ajudar não?

Um comentário:

João disse...

Nina,
tenho sugestão para um casal... a PUGA e o CARRAPATO! ahahahhahha
Arrulhos pra mamãe, filhotes e madrinha
João

BEM VINDOS!!!

Esse blog é um diário de animais e pessoas! Alguns animais falarão do seu dia a dia, outros de experiências boas ou ruins.Ou seja, sinta como os animais vislumbram esse mundo louco e maravilhoso em que vivemos.
Aproveitem, divirtam-se e fiquem à vontade para comentários, sugestões e críticas.

Clique no nosso título e veja a postagem atual!