quinta-feira, 24 de julho de 2008

JUCA---- GATOS, LITEIRAS E CHEIRINHOS

Ronronados felizes, pessoal!

Quero hoje escrever sobre um tema que muitos fogem porque acham que a conversa pode não "cheirar bem": o cocô.

O humanos costumam até usar a nós gatos pra explicar quando uma pessoa não é de bom caráter:

"Fulano vale menos que aquilo que o gato enterra!"

E assim, todos sabem que nós gatos, somos higiênicos e independentes quando o assunto é cocô. Só que os humanos são engraçados quando o assunto é cocô: tentam disfarçar os cheiros. Parece que é um crime cocô ter cheiro de cocô.

Por isso vou dar umas dicas. Quem sabe os humanos lendo o que NÓS GATOS gostamos e principalmente, faz bem para a nossa saúde, comecem a praticar.

Primeiro de todas as dicas, tenha um recipiente próprio pra fazer nossa liteira (caixinha de banheiro). Ele não precisa nem ser específico pra gatos. Qualquer bacia serve, desde que ela não seja muito alta pra nossa estatura quando ainda somos bebês. Outra coisa importante é o material, use bacias de plástico liso (nada rugoso) para facilitar a limpeza.

A minha:


Uma vez por semana, você troca a areia por inteiro, lavando bem com sabão de côco. Uma vez por mês, quando for fazer novamente a troca da areia, você deixa a liteira com uma tampinha de água sanitária dentro dela, de molho por uns 15 minutos. E enxague muuuuuito bem pra não deixar resíduos.

Para cada gato que você tiver na sua casa, é interessante ter uma liteira para cada um:

Agora sou filho único, tenho só uma em casa.

Diariamente, tire os cocôs da areia, porque a gente DETESTA sujeira. E lembre-se: ou vc joga o cocô na privada ou pega o cocô com a pazinha e embrulha em jornal, papel. A sacolinha plástica NÃO É BIODEGRADÁVEL e acaba não sendo uma opção ecológica.
Essa limpeza diária é muito importante não só para nós gatos, mas também para vocês bichos humanos.

Fazer a limpeza diária da caixinha de areia é a melhor forma de prevenção da toxoplasmose, doença tão temida por mulheres grávidas (como disse, se tiver higiene suficiente não tem o porquê temer essa doença).

Não use desodorantes, perfuminhos e etc na areia. Se possível, nem compre areias aromatizadas. Tudo isso pode causar alergias de pele e problemas respiratórios (sem dizer que o perfume que é bom para você, nem sempre é agradável para mim).

E última e mais importante: NÃO COLOQUE NOSSA LITEIRA PERTO DA NOSSA COMIDA.

Lógico, você gostaria de almoçar no banheiro? Nem nós, né?

Espero ter ajudado de alguma forma e sintam-se à vontade para fazer qualquer pergunta. Mesmo aquelas do tipo "como ensinar meu gato a usar a liteira?", "porque meu gato prefere nosso jardim à liteira?"...... e por aí vai.

Ronronados amistosos e até breve!

2 comentários:

Gabi disse...

Ótimas dicas, gente!

Ditrix disse...

Oi! Adorei o que escreveram! Mas venho lançar uma questão... A minha gata viaja quase todas as semanas de carro, dentro da sua transportadora (que ela detesta). Fazemos estas viagens desde que ela nasceu, ou seja, há cerca de 5 anos. Sempre foi difícil controlar o cocó e o chichi, por que de vez enquando ela faz dentro da transportadora, mas últimamente tem sido terrível, faz em todas as viagens... Haverá alguma maneira de a treinar a não fazer ou terei mesmo que passar a recorrer a fraldas? Alguma dica?

Ditrix

BEM VINDOS!!!

Esse blog é um diário de animais e pessoas! Alguns animais falarão do seu dia a dia, outros de experiências boas ou ruins.Ou seja, sinta como os animais vislumbram esse mundo louco e maravilhoso em que vivemos.
Aproveitem, divirtam-se e fiquem à vontade para comentários, sugestões e críticas.

Clique no nosso título e veja a postagem atual!